27.5 C
Brasília
terça-feira, 23 abril, 2024

Cuba: Céspedes inspira as lutas dignas de hoje

«O que torna maior Cespedes não é apenas a decisão tomada, firme e resoluta de se revoltar, mas o ato que acompanhou essa decisão, que era conceder a liberdade aos seus escravos (…), sua vontade de abolir a escravidão em nosso pais». Com esta frase do Comandante-em-chefe Fidel Castro Ruz, o presidente da República de Cuba, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, lembrou em sua conta no Twitter o Pai da Pátria, no 146º aniversário de sua queda em combate, em 27 de fevereiro.
Céspedes recebeu o tributo de uma representação de Santiago, em nome de toda Cuba. Na cerimônia solene, membros da Unidade de Guarda de Honra do cemitério patrimonial de Santa Ifigênia, depositaram uma oferenda floral em nome dos dignos cubanos diante do monumento fúnebre daquele que deu a liberdade aos escravos, que nos alertou sobre o perigo do império norte-americano, e a quem nosso povo venera como Pai da Pátria.
Não em vão o Comandante-em-chefe Fidel Castro Ruz disse: «Hoje nós, os revolucionários desta geração, nosso povo revolucionário pode sentir a satisfação íntima e profunda de estar prestando a Céspedes, aos combatentes pela nossa independência (…) a homenagem de um povo que colheu os frutos de seus sacrifícios!
Os membros do Comitê Central do Partido, Lázaro Expósito Canto, primeiro secretário do PCC na província, e Beatriz Johnson Urrutia, membro do Conselho de Estado e governadora desse território, lideraram no tributo a colocação de flores que seguiriam outros líderes, pioneiros, estudantes e pessoas em geral.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS