25.5 C
Brasília
quinta-feira, 20 junho, 2024

Costa Rica procura conter surto de malária

San José, 23 set (Prensa Latina) O Ministério de Saúde Pública da Costa Rica (MSP) realizará neste fim de semana intervenções de campo para conter o surto de malária detectado no distrito de Bahía Ballena, na província ocidental de Puntarenas, informou hoje a instituição .

Um comunicado do MSP especifica que devido à recente detecção de mais oito casos desta doença, as autoridades estarão monitorando casa em casa e procurando pessoas com febre para realizar um teste rápido.

Também administrarão o tratamento confirmando imediatamente o diagnóstico do caso positivo e seus conviventes, verificarão os criadouros com larvicidas biológicos e entregarão mosquiteiros impregnados com inseticida de longa duração.

As medidas para conter o surto naquela localidade incluem o reforço da vigilância passiva nos centros de saúde através da disponibilização de testes rápidos de malária a serem aplicados a qualquer pessoa com febre.

O comunicado refere que foram detetados quatro mulheres e quatro homens, dos quais sete estão internados em estado estável e já têm a respetiva avaliação médica e recebem tratamento atempado.

Na semana epidemiológica 35, o MSP, através da Direcção de Vigilância em Saúde, contabiliza 452 casos de malária em todo o país, dos quais 369 são classificados como autóctones, 59 importados, 4 introduzidos, 4 recidivas e os restantes em investigação para classificação final.

A malária ou malária é uma doença causada por um parasita do gênero Plasmodium sp e transmitida às pessoas principalmente pela picada de uma fêmea infectada do mosquito do gênero Anopheles sp.

Na Costa Rica está presente com características endêmicas desde o século XVIII, e a transmissão surge em grandes regiões da vertente caribenha e se dispersa para outras áreas do país.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS