24.5 C
Brasília
sábado, 22 junho, 2024

Costa Rica: Lacunas de inovação na reunião da Cepal

San José, 21 de junho (Prensa Latina) Inovação e sustentabilidade, investimentos e lacunas de produtividade estão entre os temas a serem discutidos em um seminário organizado pela CEPAL sobre a desigualdade na América Central, México e Caribe, que termina nesta quarta 21..

Patrocinado pelo Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola e pelo Ministério do Desenvolvimento Agrícola, entre outras entidades, o seminário tem como objetivos examinar as brechas estruturais entre países e grupos populacionais, bem como propor estratégias para superá-las.

Na abertura, o diretor da sede sub-regional no México da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), Hugo Veteta, afirmou em sua conferência sobre áreas rurais que desde tempos passados ​​essas áreas passaram por profundas transformações, porém, as nações estão limitados para entender as mudanças.

O responsável exemplificou como actualmente, o Produto Interno dos países se contraiu, há mudanças nas fontes de rendimento das famílias, na estrutura empresarial, das TIC, mudanças na gestão e gestão dos recursos naturais.

Vemos também mudanças na exposição aos fluxos de mobilidade humana, emigrantes, refugiados, deslocados e suas contrapartidas, que são fluxos de remessas, mas esses eventos não têm se refletido na forma como medimos e entendemos a ruralidade.

Isso é entendido com visões prévias e limitadas para entender as mudanças, mas não a complexidade da interação nos territórios.

Ele explicou ao mesmo tempo que existe outra narrativa importante e é a dos países de renda média, sensível à Costa Rica.

Ao aumentar o rendimento per capita é preciso resolver os problemas, refletiu o responsável, mas outros podem agravar-se, a poluição, as diferenças de género, que não desaparecem.

Os números mostram que 72% dos pobres do mundo vivem em países de renda média, e a explicação é que são nações que caminham sozinhas. Pelo contrário, apresentam lacunas persistentes, por longos períodos que impedem o desenvolvimento, sublinhou.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS