14.5 C
Brasília
terça-feira, 11 junho, 2024

Com benefícios fiscais: Colômbia busca estimular o emprego jovem

Bogotá, 23 mai (Prensa Latina) O Ministério do Trabalho da Colômbia lançará um programa cujo objetivo é conferir benefícios fiscais aos empregadores que incluam jovens em suas folhas de pagamento, segundo comunicado desta entidade hoje disponível.

O projeto denominado Empregos para a Vida oferecerá 30% do salário mínimo aos empregadores por cada jovem entre 18 e 28 anos que contratarem e será financiado pelo Orçamento Geral da Nação.

Além disso, os contratantes poderão receber 10% a mais se algum dos beneficiários permanecer desempregado nos últimos quatro meses.

O programa, que exige que os empregadores mantenham estes trabalhadores empregados por um período mínimo de seis meses, também procura promover o emprego formal.

Os contratantes podem ser pessoas físicas, pessoas jurídicas, sindicatos temporários e pessoas com patrimônio autônomo que possam comprovar sua condição de empregador.

Adicionalmente, estos podrán recibir el aporte estatal de 35 por ciento de un salario mínimo legal vigente por incluir en su nómina a personas con discapacidad, 20 por ciento por dar un puesto a mujeres mayores de 28 años, y 15 por ciento por hombres mayores de 28 anos.

No caso das populações de jovens, mulheres e homens com mais de 28 anos e pessoas com deficiência, também são considerados afrodescendentes, negros, raizales, palenqueras, indígenas, povos ciganos, camponeses e comunidade lésbica. incluídos, gays, bissexuais, trans, travestis, intersexuais e queer.

O programa fará a primeira chamada para empresas interessadas no próximo mês de junho.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS