27.5 C
Brasília
segunda-feira, 20 maio, 2024

Circo dos horrores, ops, sabatina presidencial

Divulgação Rede Globo

Por Eduardo  Tito*

O presidente da república e candidato a reeleição, Jair Bolsonaro, foi o primeiro dos quatros candidatos ao Palácio da Alvorada, entrevistado pelo Jornal Nacional. Não é novidade o perfil grosseiro de Bolsonaro nas entrevistas. Alem das inúmeras inverdades ditas por Bolsonaro, o que chamou mesmo a atenção foi o perfil debochado adotado pelo apresentador do JN, Willian Bonner. De todo circo montado por Bonner e Bolsonaro, palmas para Renata Vasconcellos que mesmo interrompida várias vezes pelo presidente, manteve a seriedade de quem sabe qual o papel a ser exercido por uma profissional da imprensa numa entrevista.

Dissimulações e Inverdades

O presidente Bolsonaro disse que não ofendeu ministros do supremo, disse que o governo federal enviou ajuda para Manaus 48h após o início do caos gerado pela ausência de oxigênio. De tantas inverdades disse que não tem corrupção em seu governo. Aos Fatos com fatos verídicos sobre as inverdades do presidente Bolsonaro. Acesse o link e confira.

Pode isso professor?

Uma momento cômico na entrevista de Bolsonaro ao Jornal Nacional foi quando as câmeras filmaram claramente na mão esquerda do presidente uns rabiscos em caneta ‘Bic’ azul. Circula nas redes sociais uma ampliação que mostra as seguintes palavras; Nicarágua, Argentina, Colômbia e Dario Messer. Será que perdeu ponto na prova? Nas redes sociais é um dos assuntos mais comentados.

Eleições na Bahia

Os candidatos ao cargo de governador da Bahia estão disputando cada centímetro das estradas baianas visitando cidades nas suas agendas de campanha. De campanha em campanha, muito mais do mesmo com carreatas, inaugurações de comitês, discursos com as mesmas retóricas “cuidar de gente, Deus, família e “meu pai e minha mãe me ensinaram”. Entre ACM Neto, Cacá Leão, Jerônimo Rodrigues e Otto Alencar, shows a parte nas campanhas digitais desses candidatos. Quem deve estar gostando disso, além dos seguidores, são os professores das faculdades de Comunicação e Marketing que terão conteúdo de sobra para muitas aulas.

E Roma e Dra. Raíssa?

Das redes sociais nada a dizer. Mas Roma aparece uma vez ou outra num site da imprensa enquanto a candidatura de Dra. Raíssa ao Senado, mais parece com as “verdades”de Bolsonaro sobre a pandemia. Só existe na cabeça dele (a)!

*Jornalista  e editor do Noticias da Bahia

ÚLTIMAS NOTÍCIAS