Brasília, 9 de junho de 2021 às 02:11
Selecione o Idioma:

Papo do Dia:

Internacional

Postado em 27/07/2020 8:03

China assume o controle após o fechamento do consulado dos EUA

.

Beijing, 27 de julho (Prensa Latina) A China assumiu hoje o controle das instalações do consulado dos EUA em Chengdu, província de Sichuan, após ter cessado oficialmente suas operações, em troca de uma ação semelhante por parte de Washington contra o escritório de Houston.
O Ministério das Relações Exteriores disse que a sede diplomática fechou esta manhã conforme combinado e as autoridades competentes assumiram seu espaço.

Dizia que não foram registrados incidentes conflitantes desde que a ordem de fechamento foi emitida na sexta-feira.

Beijing revogou a licença para o funcionamento do consulado dos EUA em Chengdu e exigiu a interrupção de suas atividades, depois que Washington forçou unilateralmente e inesperadamente o escritório consular chinês em Houston a fechar suas portas.

A Casa Branca deu esse passo sob o argumento de que a entidade e seus funcionários estavam envolvidos em uma investigação fraudulenta de um instituto científico no Texas.

O incidente é outro elemento agravante da fricção entre a primeira e a segunda potências mundiais.

Esse evento e o chamado do Secretário de Estado dos EUA Mike Pompeo para usar ‘formas mais criativas e enérgicas’ para pressionar o Partido Comunista da China são vistos aqui como as provocações mais agressivas e, portanto, aquelas que poderiam desencadear as reações mais perigosas.

Mais vozes agora advertem que tal assédio aproxima os dois países da Guerra Fria e teme pela paz mundial, assim como o planeta está sofrendo com a crise gerada pela mortal pandemia de Covid-19.

Comentários: