22.5 C
Brasília
terça-feira, 21 maio, 2024

Chanceler russo aponta culpado da deterioração das relações entre Moscou e Washington

© REUTERS/ Maxim Shemetov

Sergei Lavrov afirmou, durante a coletiva de imprensa final na ONU, que a administração do ex-presidente norte-americano Barack Obama criou uma “bomba-relógio” nas relações entre Moscou e Washington.

“As relações entre a Rússia e os EUA sofrem não devido aos conflitos existentes, mas porque a administração anterior agiu de um jeito mesquinho, vingativo, colocando uma ‘bomba-relógio’ nas relações entre nós. Não esperava isso de um laureado do Prêmio Nobel da Paz. Mas enfim, ele se manifestou, o que continua nos afetando até hoje”, afirmou ele.Anteriormente, o chanceler russo expressou seu descontentamento com a situação atual, em que a Rússia se torna responsável pela resolução de todos os conflitos.

“Não gosto quando alguns políticos fazem a Rússia responsável por tudo: a Rússia e a China têm que resolver a crise coreana, a Rússia deve fazer algo na questão em torno da Síria. Até viramos responsáveis por outras crises, por exemplo, a iemenita, que não tem nada a ver conosco”, ressaltou Lavrov.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS