21.5 C
Brasília
quarta-feira, 12 junho, 2024

BRICS anuncia adesão de 6 países ao bloco: Argentina, Irã, Arábia Saudita, EAU, Egito e Etiópia

 Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Sputnik –Nesta quinta-feira (24), na declaração final da 15ª Cúpula do BRICS, o bloco anunciou o ingresso de seis países: Argentina, Irã, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Egito e Etiópia.

Os seis países que tiveram o ingresso aprovado farão parte do BRICS a partir de janeiro de 2024.
Argélia, Argentina, Bangladesh, Bahrein, Belarus, Bolívia, Cuba, Egito, Etiópia, Honduras, Indonésia, Irã, Cazaquistão, Kuwait, Marrocos, Nigéria, Arábia Saudita, Senegal, Palestina, Tailândia, Emirados Árabes Unidos, Venezuela e Vietnã haviam enviado solicitações para ingressar no BRICS.
Durante três dias, os membros do bloco (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), debateram temas como a adesão de novos membros, a possível criação de uma moeda comum, bem como novas oportunidades comerciais, econômicas e políticas.
Atualmente o BRICS representa mais de 30% do Produto Interno Bruto (PIB) global e 42% da população mundial.
A cúpula do BRICS está sendo realizada de 22 a 24 de agosto em Joanesburgo, com a presença dos líderes da China, Índia, Brasil e África do Sul. A Rússia é representada pelo ministro das Relações Exteriores, Sergei Lavrov. Já o presidente russo, Vladimir Putin, participa da cúpula por videoconferência.
Anteriormente, a chanceler da África do Sul, Naledi Pandor, declarou que os países do BRICS acordaram, na cúpula em Joanesburgo, os princípios-chave de expansão do grupo.

Vladimir Putin discursa na Cúpula do BRICS, 23 de agosto de 2023 - Sputnik Brasil, 1920, 23.08.2023

Cúpula do BRICS 2023

Putin: países do BRICS são contra hegemonia e política de neocolonialismo no mundo (VÍDEO)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS