14.5 C
Brasília
terça-feira, 11 junho, 2024

Biden admite: Netanyahu prolonga a guerra em Gaza para permanecer no poder

© AP Photo / Alex Brandon

HispanTV – O presidente dos EUA sugere que o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, está a prolongar a guerra em Gaza por razões políticas.

“Há muitas razões pelas quais as pessoas chegam a esta conclusão”, disse o presidente dos EUA, Joe Biden, numa entrevista publicada esta terça-feira pela revista Time , quando questionado se acredita que Netanyahu está a prolongar o conflito por razões de cálculo político pessoal.

No entanto, o chefe de Estado norte-americano recusou confirmar se o primeiro-ministro sionista era o principal obstáculo a um cessar-fogo na Faixa de Gaza e a um plano de estabilização mais amplo na região que inclui a Arábia Saudita, segundo várias fontes governamentais.

Netanyahu está sob pressão das forças ultraconservadoras da coligação governante de Israel para não aceitar um cessar-fogo negociado com a ajuda dos EUA.

A sobrevivência política de Netanyahu depende da difícil continuidade de uma coligação de sete partidos conservadores israelitas, que está em desacordo sobre como lidar com o Movimento de Resistência Islâmica Palestiniana (HAMAS) em Gaza.

Entretanto, o HAMAS suspeita de algum engano no plano que Biden apresentou na semana passada para um acordo de cessar-fogo em Gaza, que incluía uma cessação inicial dos combates e a libertação de alguns reféns israelitas.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS