22.5 C
Brasília
terça-feira, 18 junho, 2024

Avalanche na Colômbia provoca 14 mortos

Bogotá (Prensa Latina) O presidente colombiano, Gustavo Petro, está coordenando e dando instruções nesta quarta (19) para atender à emergência humanitária causada por uma avalanche no município de Quetame, Cundinamarca, que deixou pelo menos 14 mortos.

Nesse sentido, a Defesa Civil garantiu que seus voluntários, em coordenação com todos os órgãos de socorro e a comunidade, realizem trabalhos de busca e salvamento.

Acrescentou que no povoado de Naranjales, município de Quetame, o Governo instalou um Posto de Comando Unificado com a presença do diretor da Unidade Nacional de Gestão de Riscos de Desastres, Olmedo López; e o Diretor Geral da Defesa Civil da Colômbia, Martín Hernando Nieto.

O governante detalhou um conjunto de medidas para resolver a emergência como a afectação de recursos para a preparação de estradas e pontes, envio de maquinaria amarela para o município, apoio social e um engenheiro hidráulico, procura de terrenos para reassentamento das famílias afectadas.

Além disso, ativação do programa de subsídio de aluguel afetado, alistamento de kits de ajuda humanitária, entre outros.

O governador do departamento de Cundinamarca, Nicolás García Bustos, declarou estado de calamidade pública ontem, após o deslizamento de terra, para ter recursos para atender as famílias afetadas pelo fenômeno.

García explicou a uma estação local que as fortes chuvas começaram na tarde de segunda-feira em Quetame, município localizado na parte leste do departamento, que se intensificou à meia-noite quando começaram as “bombas d’água” das enchentes.

Após a conclusão do Posto de Comando Unificado (PMU) hoje, o governador explicou que o início da passagem novamente pela estrada afetada foi reduzido de três semanas para uma, com uma ponte provisória que será instalada no dia 28 de julho e uma semana depois será ser habilitado. uma segunda ponte.

Disse ter solicitado, na companhia do Governo do departamento de Meta, uma PMU nacional para tratar de questões como os efeitos sobre os comerciantes, de forma a assegurar que será prestada ajuda financeira ao comércio da corretora.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS