22.5 C
Brasília
domingo, 21 abril, 2024

Ataque israelense mata pelo menos 13 mulheres e crianças em campo de refugiados de Gaza, diz mídia

© AP Photo / Mahmoud Essa

Sputnik – Pelo menos 13 mulheres e crianças perderam a vida como resultado do ataque israelense ao campo de refugiados de Nuseirat, na Faixa de Gaza, informou o canal de televisão Al Jazeera no fim da noite deste sábado (9).

“As forças israelenses intensificaram os ataques em toda a Faixa de Gaza, matando pelo menos 13 mulheres e crianças no campo de refugiados de Nuseirat”, divulgou o canal.
Cerca de 31 mil palestinos foram mortos e 72.524 feridos em ataques israelenses na Faixa de Gaza desde 7 de outubro, quando começou o conflito, segundo as autoridades de Gaza.
A guerra começou em 7 de outubro de 2023, quando o Hamas realizou um ataque de foguetes sem precedentes contra Israel. Houve também invasão pelas fronteiras sul da região e cerca de 1,6 mil pessoas morreram. Outras 240 foram sequestradas e uma parte segue sob o poder do movimento até hoje.
Em retaliação, Israel iniciou bombardeios terrestres e fez um bloqueio de Gaza por terra, ar e mar. Quase 31 mil pessoas já foram mortas na região, conforme as autoridades locais.
Soldados israelenses do lado de fora do Hospital Al-Shifa, na Cidade de Gaza, Faixa de Gaza, 22 de novembro de 2023 - Sputnik Brasil, 1920, 09.03.2024

Panorama internacional

Primeiras 4 crianças morrem de fome no Hospital Al-Shifa de Gaza, relata mídia

Em 24 de novembro, o Catar intermediou um acordo entre Israel e o Hamas para uma trégua temporária e a troca de alguns dos prisioneiros e reféns, além de intensificar a entrega de ajuda humanitária à Faixa de Gaza. O cessar-fogo foi prorrogado várias vezes e expirou em 1º de dezembro. Mais de 100 reféns ainda são mantidos pelo Hamas em Gaza.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS