24.5 C
Brasília
segunda-feira, 27 maio, 2024

Armas biológicas: o que são, como se espalham e por que é difícil garantir proibição

© Sputnik

As armas biológicas são proibidas pela ONU desde 1972, mas as indicações sobre seu uso seguem surgindo desde então, sendo os experimentos nessa área na Ucrânia mais um exemplo disso.
Os relatos de testes e utilização militar de armas biológicas seguem surgindo hoje, apesar de elas terem sido proibidas pela ONU em 1972.
Os patógenos formam a base das armas biológicas, que criam surtos caso se espalhem aos humanos. As doenças incapacitam temporariamente as pessoas, no melhor dos casos, e matam, no pior dos cenários.
Na quinta-feira (14), o Ministério da Defesa da Rússia publicou detalhes sobre o projeto de armas biológicas dos EUA na Ucrânia, que estava intimamente ligado ao setor de defesa do país norte-americano. Igor Kirillov, chefe das Forças de Defesa Química, Biológica e Radiológica da Rússia, detalhou a rede de financiamento da pesquisa nessa área.
Os projetos incluíam estudar a possibilidade de disseminar cólera, febre tifoide, hepatite A e E através da água, para dificultar a situação biológica na Rússia e no Leste da Europa, e experimentos médicos em pacientes com distúrbios mentais de um hospital.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS