19.5 C
Brasília
segunda-feira, 26 fevereiro, 2024

Argélia convoca reunião do Conselho de Segurança após decisão da CIJ contra Israel

HispanTV – A Argélia convocou uma reunião de emergência do Conselho de Segurança das Nações Unidas (CSNU) para quarta-feira em apoio à decisão da CIJ contra Israel.

O representante permanente da Argélia junto das Nações Unidas, Amar Bendjama , “informou os seus homólogos do Grupo Árabe da intenção de convocar, para a próxima quarta-feira, uma reunião do Conselho de Segurança”, declarou sábado o Ministério dos Negócios Estrangeiros argelino através de um comunicado. declaração.

Além disso, a Argélia afirmou ter iniciado conversações com membros do Conselho de Segurança, onde os Estados Unidos, a Rússia, a China, o Reino Unido e a França têm direito de veto, com o objetivo de garantir uma preparação eficiente para esta reunião.

“Será a primeira pedra de uma série de medidas subsequentes destinadas a pôr fim às práticas do ocupante sionista, que erroneamente se considera intocável e inexpugnável”, enfatizou.

A África do Sul, que abriu um processo de genocídio contra o regime israelita pelos seus crimes em Gaza, elogiou a decisão do Tribunal Internacional de Justiça.

Segundo a agência noticiosa argelina APS (Algérie Presse Service) , o presidente da Argélia, Abdelmadjid Tebboune, e Bendjama reuniram-se no sábado para solicitar a convocação do CSNU.

Na sexta-feira, o Tribunal Penal Internacional (CIJ) emitiu a sua decisão provisória sobre medidas de emergência solicitadas pela África do Sul contra Israel por cometer genocídio na Faixa de Gaza.

De acordo com a decisão, Israel deve garantir que as suas forças não cometem genocídio, deve garantir a preservação de provas do alegado genocídio e deve prevenir e punir o incitamento ao genocídio.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS