12.5 C
Brasília
domingo, 23 junho, 2024

Após reunião em Moscou, Rússia e Argélia se comprometem a aprofundar cooperação nuclear e militar

© Sputnik / Mikhail Mettsel

Sputnik – Nesta quinta-feira (15), o presidente da Rússia Vladimir Putin e seu homólogo argelino Abdelmadjid Tebboune mantiveram negociações em Moscou, com Putin descrevendo-as como profissionais e muito produtivas e Tebboune expressando apoio a seu parceiro.

Os presidentes dos dois países se reuniram no Kremlin e, na sequência do encontro, uma série de documentos foi assinada. Durante as conversações os presidentes discutiram, entre outros temas, a situação na Ucrânia, na Líbia, no Sudão e as tensões palestino-israelenses.
O presidente russo Vladimir Putin disse que a cooperação no âmbito da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e associados (OPEP+) entre a Rússia e a Argélia ajuda a estabilizar os mercados mundiais de energia.
Putin acrescentou que as relações entre os dois países são estratégicas e de particular importância, chamando a Argélia de parceiro fundamental da Rússia no mundo árabe e na África.
Bandeira do Egito tremula sobre prédio no Cairo. - Sputnik Brasil, 1920, 15.06.2023

Panorama internacional

Adesão do Egito ao BRICS fortalecerá a voz e o peso do bloco na arena mundial, opina analista chinês

Segundo ele, a Rússia e a Argélia devem intensificar a prática de pagamentos em moedas nacionais, o que protegerá as economias dos dois países.
Por sua vez, o presidente da Argélia, Abdelmadjid Tebboune, afirmou que a pressão externa sobre seu país não afetará o apoio da Argélia à Rússia.
O presidente argelino sugeriu também acelerar a entrada de seu país no BRICS.
“É necessário que aceleremos o processo e nos juntemos ao grupo BRICS”, disse Tebboune.
Ele destacou que é preciso trabalhar para reduzir a dependência do dólar e do euro.
A reunião do Conselho Empresarial Rússia-Brasil no formato de diálogo empresarial do Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo - Sputnik Brasil, 1920, 14.06.2023

Panorama internacional

Laços econômicos Rússia-Brasil crescem e lados definem novas metas ambiciosas no SPIEF

A declaração publicada no site do Kremlin diz que a Rússia e a Argélia planejam intensificar a cooperação na exploração e produção de hidrocarbonetos, processamento de petróleo e gás e produtos petroquímicos.
A Rússia e a Argélia apoiam a inadmissibilidade de distorcer a história e revisar o resultado da Segunda Guerra Mundial, silenciando e falsificando a história do colonialismo, afirma a declaração.
Os dois países concordaram em não participar de nenhum acordo que viole a independência e a integridade territorial da outra parte.
Em vez disso, as partes vão fortalecer o trabalho no setor militar e de tecnologia, desenvolver a cooperação na energia nuclear, no campo da segurança energética e alimentar e na luta contra o extremismo e o terrorismo.

O acordo entre a Rússia e a Argélia permitirá também acelerar a cooperação entre os dois países em relação à exploração civil do espaço.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS