22.5 C
Brasília
terça-feira, 21 maio, 2024

ALBA-TCP celebra a XXIII Cúpula de Chefes de Estado na Venezuela

Caracas, 24 abr (Prensa Latina) Os países membros da ALBA-TCP realizarão hoje em Caracas a XXIII Cúpula de Chefes de Estado e de Governo desse bloco de integração regional, na qual se espera a apresentação da Agenda Estratégica 2030

Esta reunião de alto nível foi anunciada na semana passada pelo secretário executivo da Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América-Acordo Comercial dos Povos (ALBA-TCP), Jorge Arreaza, durante a celebração do Encontro por uma Alternativa Social Global.

O evento de dois dias contou com a presença de 300 delegados de 60 países e contou com a presença de organizações e movimentos sociais, partidos políticos, intelectuais, acadêmicos dos estados membros do bloco e convidados da África, Ásia, Europa, América do Norte e América Latina.

Espera-se que a maioria dos Chefes de Estado e de Governo ou chefes de delegações participem do grande evento do mecanismo de integração da América Latina e do Caribe, informou à Prensa Latina uma fonte que preferiu permanecer anônima.

Isto indicava que “deve ser aprovada a Agenda Estratégica 2030”, que foi apresentada por Arreaza aos delegados do Encontro por uma Alternativa Social Global e tem cinco horizontes: económico, político, social, cultural e comunicacional.

A fonte expressou que “também deve haver alguns anúncios económicos”.

Na reunião realizada nos dias 18 e 19 de abril, o secretário executivo do bloco de integração apresentou a apresentação O princípio da unidade como elemento transformador e afirmou que o objetivo da ALBA-TCP é alcançar a autodeterminação, que “somos livres e feliz com as necessidades atendidas.”

Afirmou neste sentido que a estratégia inclui novos projectos para fortalecer planos em sectores como economia, saúde, educação, alimentação e protecção ambiental.

Politicamente, os objetivos para 2030 visam estabelecer uma rede para a proteção dos Direitos Humanos e Sociais, convertendo o mecanismo de integração no principal motor de coordenação e criando a Rede Parlamentar ALBA-TCP e o espaço ALBA-Juventude.

No horizonte económico, mencionou a repromoção do Petrocaribe, a expansão do Banco ALBA para criar uma nova arquitetura financeira, bem como a promoção de alianças turísticas, entre outros.

A agenda social inclui a retomada da Missão Milagrosa, que beneficiou mais de quatro milhões de pessoas no mundo, o relançamento da ALBA como um território livre de analfabetismo, a coordenação das políticas educacionais e de saúde e a criação de um observatório de género.

Há um plano e uma agenda e “temos que ir ao ritmo dos líderes para atingir os objectivos”, indicou o secretário executivo.

A última cimeira ALBA-TCP foi realizada em dezembro de 2022 em Havana, Cuba, onde os participantes ratificaram o compromisso de fortalecer o bloco como instrumento de unidade dos povos, baseado nos princípios da solidariedade, justiça social, cooperação e complementaridade económica.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS