21.5 C
Brasília
quinta-feira, 13 junho, 2024

Advogado francês revela padrão duplo usado pelo Ocidente em relação a Ucrânia e Palestina

Sputnik – O Ocidente usou o Tribunal Penal Internacional (TPI) em relação à Ucrânia, mas faz vista grossa no que diz respeito ao conflito na Palestina, disse em entrevista à Sputnik o advogado francês Gilles Devers.

A ação judicial coletiva apresentada no Tribunal Penal Internacional (TPI) sob a acusação de “genocídio e outros crimes” cometidos por Israel na Faixa de Gaza deve indicar ao Ocidente suas contradições, disse o advogado francês e um dos autores da ação judicial.
“Em relação à Ucrânia, como todos sabem, houve muita manipulação por parte dos países ocidentais – eles correram para abrir um processo e financiar a investigação. No caso da Palestina, onde os fatos são flagrantes, nenhum país fez nada. Evidentemente, há padrão duplo“, disse ele.
De acordo com Devers, o processo pretende “abalar” a sociedade ocidental. “Você pode pensar o que quiser sobre a questão palestina, mas não pode continuar sendo cúmplice de genocídio”, disse o advogado.
Ebrahim Raisi, presidente do Irã, fala para a multidão, reunida para protestar em apoio aos palestinos na Faixa de Gaza. Teerã, Irã, 18 de outubro de 2023 - Sputnik Brasil, 1920, 06.11.2023

Panorama internacional

Presidente do Irã: EUA ‘incentivam assassinatos e ações brutais contra o povo palestino’ por Israel

No início desta semana, o presidente da Argélia, Abdelmadjid Tebboune, apelou aos advogados e defensores dos direitos humanos que iniciassem um processo no TPI contra Israel por crimes cometidos contra civis palestinos. De acordo com o líder argelino, que se dirigiu ao Judiciário do país na segunda-feira (6), o Exército israelense “está diariamente cometendo um massacre horrendo em relação ao povo palestino fraterno em plena visão de todos e do silêncio do mundo”.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS