21.5 C
Brasília
domingo, 19 maio, 2024

Venezuela ajudará Cuba a recuperar a infraestrutura danificada pelo incêndio

A Venezuela ajudará a reconstruir a infraestrutura destruída pelo incêndio no depósito de combustível de Matanzas, anunciou o presidente Nicolas Maduro, e exortou o mais alto nível do ministério do Petróleo de seu país a estabelecer uma coordenação com o lado cubano.

«Entre em contato com as autoridades petrolíferas e energéticas cubanas para iniciar o projeto da reconstrução do estaleiro do depósito de combustível em Matanzas», foi a orientação do presidente, dirigida a Tareck El Aissami, ministro do petróleo da Venezuela, e Asdrubal Chávez, presidente da entidade estatal PDVSA.

«Cuba sabe que pode contar com o apoio de nossos cientistas, técnicos, engenheiros e trabalhadores», confirmou Maduro, e, após descartar a possibilidade de a Ilha caribenha ficar sozinha em qualquer circunstância, ele garantiu que sempre terá «o apoio dos povos do mundo e de governos sensíveis, corajosos e humanistas».

Correspondendo no Twitter ao gesto do líder venezuelano, o primeiro-secretário do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba e presidente da República, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, elogiou a atitude do pessoal enviado por aquele país para lidar com o incêndio em Matanzas. «Mais uma vez juntos, vamos recuperar o que o fogo levou», disse Díaz-Canel.

Na quarta-feira, 17 de agosto, o presidente cubano também agradeceu ao seu homólogo mexicano, Andrés Manuel López Obrador, por telefone, pela ajuda que prestou na sequência do incêndio.

Ele tornou isto conhecido em sua conta no Twitter, na qual descreveu a pronta resposta da nação asteca como oportuna, eficaz e muito necessária, e também reiterou seu respeito, admiração e afeto pelo povo e pelo governo do México «por um exemplo tão autêntico de solidariedade».

ÚLTIMAS NOTÍCIAS