15.5 C
Brasília
terça-feira, 11 junho, 2024

A passagem de migrantes irregulares pelo Panamá está aumentando

Cidade do Panamá, 8 de junho (Prensa Latina) O Serviço Nacional de Imigração (SNM) do Panamá alertou que até agora neste ano 176.613 pessoas cruzaram a selva de Darién em direção aos Estados Unidos, um número que está aumentando.

Segundo esta fonte, os fluxos não diminuem apesar dos alertas sobre os perigos naturais da selva inóspita e do assédio a gangues criminosas e traficantes que lucram com as necessidades dos caminhantes.

Este corredor natural, na fronteira com a Colômbia, foi utilizado de janeiro a 7 de junho por 6,4% mais migrantes do que durante o mesmo período de 2023, quando o número era de 165.984.

Só na primeira semana deste mês passaram 6.599 caminhantes.

Autoridades religiosas, como o bispo de Darién, Pedro Hernández, sublinham que esta situação exige a necessidade urgente de respostas e soluções humanitárias por parte dos governos e organizações internacionais.

As estatísticas do SNM indicam que o maior número de migrantes vem da Venezuela, seguido pelos do Equador, Haiti e Colômbia; embora também registrem asiáticos.

O Ministério da Segurança prevê que antes do final de 2024 o número de migrantes aumentará 20 por cento, acima dos 600 mil viajantes ilegais.

O presidente eleito do Panamá, José Raúl Mulino, anunciou recentemente durante a campanha que fechará a fronteira e iniciará a deportação de imigrantes ilegais para seus países de origem.

Esta semana o Governo dos Estados Unidos também anunciou medidas mais rigorosas contra quem está na fronteira com o México e deseja entrar neste país.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS