19.8 C
Brasília
quinta-feira, 22 fevereiro, 2024

HISTORIANDO AS COPAS: 1930-A COPA DA CELESTE OLÍMPICA

Futebol é jogo de bola, é espetáculo, entretenimento, paixão, cultura – um fazer criativo da humanidade, hoje transformado num grande negócio. Este ano, entre os meados de novembro e dezembro, teremos mais uma Copa do Mundo de Futebol, no Catar, mundo árabe, pela primeira vez. Na disputa, representantes de todos os continentes. Bilhões, em todos os cantos do planeta terra, de olho na bola, na TV, nos artistas, os craques, ídolos… torcendo, chorando, apreciando, ligados na magia do jogo, um brinquedo…

Do imortal Nelson Rodrigues:

  “A bola é um reles, um ínfimo, um ridículo detalhe.

O que procuramos no futebol é o drama, é a tragédia, é o horror, é a compaixão”.

*

Você sabia?

– O Brasil é o único país presente em todas as Copas do Mundo, disputadas desde 1930.

– A Copa 2022/Catar será a 22ª a ser disputada; são 32 países representados por suas seleções.

 – Os jogos da primeira rodada acontecerão no dia 21 de novembro, uma segunda-feira. A final, com a entrega da taça ao Campeão acontecerá no dia 18 de dezembro.

 – O Brasil estreará no dia 24 de novembro, uma quinta-feira, contra a Sérvia.

*

  Um pouco da história da Copas, o contexto do mundo e do momento em que os jogos aconteceram e a participação da Seleção Brasileira, única com cinco títulos conquistados,  em cada uma das Copas:

**

1930

A Copa da Celeste Olímpica

A primeira Copa do Mundo de Futebol, já com a chancela FIFA, aconteceu em 1930, no Uruguai. Nossos vizinhos do Sul tinham ganho as medalhas de ouro/futebol nos Jogos Olímpicos de 1924 e 1928. Daí vem o nome a ‘celeste olímpica’, referindo-se ao belo azul da camisa campeã de duas olimpíadas. Isso credenciou o Uruguai a abrigar a primeira Copa.

 O mundo, mal saído da Primeira Grande Guerra Mundial (1914/18) atravessava uma crise econômica nunca vista, com o ‘crash’ da Bolsa de Nova Iorque. A Europa nem se recuperava da desgraceira do conflito e às voltas com o crescimento do nazismo, do fascismo (Alemanha, Itália, Espanha, Portugal) e do stalinismo na Rússia.

*

Na América Latina, o Uruguai era um dos países menos afetados pela crise. Era a Suíça da América do Sul, à época. Em 1930, um peso uruguaio era equivalente a um dólar. Assim, os uruguaios ofereceram vantagens e regalos aos países visitantes que participassem da competição. E construiu, para o evento, o Estádio Centenário, com capacidade máxima para cem mil pessoas, então o maior do mundo.

*

Os treze

Treze países disputaram a Copa do Uruguai: Os donos da casa, mais o Brasil, Argentina, Chile, Paraguai, Peru, Bolívia, México e EUA, representando as Américas. Chegaram de navio, da Europa – duas semanas de viagem, naquele tempo – apenas a França, a Iugoslávia, Bélgica e Romênia.

*

Rio x São Paulo

O Brasil foi para a Copa do Uruguai com uma equipe muito enfraquecida por conta da briga bairrista dos cartolas do Rio x São Paulo. Os paulistas, ressentidos com os cariocas que já comandavam o jogo, não cederam seus atletas e, por essa picuinha, ficou de fora do escrete, por exemplo, o atacante goleador Arthur Friendereich, mulato, o Pelé da época, um dos maiores artilheiros da história.

O futebol paulista era o maior celeiro de craques, mas só foram os cariocas.

*

Perdemos na estreia para a Iugoslávia (2 x 1). O primeiro gol brasileiro em copas foi de Preguinho, filho do escritor Coelho Neto, no segundo tempo. Depois, o Brasil ganhou da Bolívia, 4 x 0, mas a Iugoslávia classificou-se. Fausto, Araken e Preguinho foram os destaques brasileiros.

*

30/07/1930 - Uruguai 4 x 2 Argentina - Três Pontos

Duas pelotas na final

A final, decisão do título, foi o clássico Uruguai x Argentina, uma guerra. Dentro e fora de campo. A cangancha maior se deu por causa da bola que deveria ser usada na partida decisiva. Os uruguaios jogavam com bolas inglesas e os argentinos com pelotas fabricadas no próprio país. A FIFA teve de interferir salomonicamente.

No primeiro tempo, com bola argentina, os argentinos fizeram 2 x 1. Na segunda etapa, com a pelota uruguaia/inglesa, a celeste virou e fez 4 x 2, ficando com o título.

Assim, o Uruguai foi o primeiro Campeão do Mundo, em 1930.

https://youtu.be/DGlcooA7yaU

A equipe campeã/ Primeira Campeã Mundo:

– Ballesteros, Nasazzi e Mascheroni; Andrade, Fernandez e Gestido; Dorado, Scarone, Castro, Cea e Iriarte.

*

Anote:

– O primeiro gol da Copa foi do francês Luicien Laurent, no jogo França 4 x 1 México.

– O artilheiro da competição foi Stábile, 25 anos, avante da Argentina, com 8 gols marcados.

**

(zedejesusbarreto/18ago2022)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS