14.5 C
Brasília
terça-feira, 11 junho, 2024

13 policiais chilenos presos por suborno, roubo e tráfico ilegal

Santiago do Chile (Prensa Latina) As autoridades chilenas prenderam nesta quinta (23) 13 policiais acusados ​​de diversos crimes, incluindo suborno, coerção ilegítima, roubo, tráfico de drogas e detenção ilegal.

Os fardados pertenciam à segunda delegacia da comuna de Santiago e entre eles estão um segundo-tenente, um primeiro-sargento e vários cabos.

Segundo as primeiras revelações, alguns dos acusados ​​cobraram quase 1,6 milhões de pesos (1.760 dólares) aos comerciantes do bairro Meiggs para garantir a sua segurança.

A chefe de análise criminal do Ministério Público Centro-Norte, Marcela Adasme, explicou que a captura dos agentes foi realizada após denúncias de civis, e até dos próprios policiais.

Acrescentou que os detidos recebiam contribuições financeiras em troca do desempenho de funções inerentes aos seus cargos ou da omissão de procedimentos a que estavam obrigados.

Ao referir-se ao tema, o Subsecretário do Interior, Manuel Monsalve, declarou que este é um facto muito grave, primeiro porque enfraquece a confiança dos cidadãos na polícia.

Mas ainda mais doloroso, disse ele, trai a memória dos policiais que perderam a vida protegendo a segurança dos chilenos.

Monsalve alertou que os dois principais perigos do crime organizado são que ele se infiltra na economia para lavar bens e, em segundo lugar, corrompe as instituições.

A mensagem aqui é que atos deste tipo não serão tolerados dentro da polícia, afirmou o Subsecretário do Interior.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS