Brasília, 3 de dezembro de 2021 às 19:56
Selecione o Idioma:

Venezuela

Postado em 12/12/2020 10:20

Venezuela planeja aquisição de vacina Sputnik V e imunização em massa

.

AMÉRICAS

Sputnik – O governo da Venezuela estuda junto à Rússia a compra da vacina Sputnik V, para imunização massiva de seus cidadãos, disse nesta sexta-feira (11) a vice-presidente venezuelana Delcy Rodriguez.

A vice-presidente afirmou ainda que se reuniu com autoridades russas, durante viagem a Moscou, para formalizar acordo para compra da vacina contra o coronavírus.

“Em minha visita para Moscou nos reunimos com as autoridades para ver o processo de aquisição para a vacinação massiva no próximo ano na Venezuela, estimamos que, a partir de abril, poderemos estar vacinando a população”, disse Rodriguez em entrevista para o site Opera Mundi.

Além disso, a vice-presidente expressou sua confiança na segurança da vacina russa, que está na fase três de testes clínicos na Venezuela.

“Participamos da terceira fase clínica da vacina Sputnik V da Rússia. É uma vacina que, à medida que avançam os estudos, aumenta o seu nível de segurança. É muito segura, na Venezuela estamos vacinando 2.000 pessoas nesse estudo”, disse.

Dez milhões de doses

Recentemente, após a visita de Rodriguez a Moscou, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou que seu país garantirá dez milhões de doses da Sputnik V para 2021.

Além disso, a vice-presidente disse que a Venezuela está conversando com autoridades da China e Cuba para a compra de vacinas contra o coronavírus.

Rodriguez disse ainda que a curva de contágios da COVID-19 na Venezuela está estável devido às medidas de segurança implementadas pelo governo. A Venezuela foi o primeiro país da América Latina a adquirir a Sputnik V para estudos clínicos.

Na quinta-feira (10), o presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou a assinatura de contrato de compra da vacina russa.

Comentários: