Brasília, 27 de outubro de 2021 às 10:06
Selecione o Idioma:

Venezuela

Postado em 25/06/2021 8:35

Venezuela patrulha costa Atlântica devido aos exercícios militares dos EUA na Guiana

.

DEFESA

Sputniki – O Exército da Venezuela está realizando patrulhas na costa Atlântica ante os exercícios militares realizados pelos EUA na Guiana Francesa.

De acordo com o ministro da Defesa da Venezuela, o país qualificou os exercícios norte-americanos como sendo um ato de provocação.

“O navio Hugo Chávez está patrulhando e segue na costa atlântica diante da provocação do imperialismo de fazer exercícios com a presença de militares norte-americanos na Guiana”, disse Padrino López, após o desfile militar em comemoração do Bicentenário da Batalha de Carabobo e do Dia do Exército Bolivariano.

O ministro destacou o trabalho das Forças Armadas venezuelanas para garantir a soberania da nação sul-americana.

Na segunda-feira (21), Padrino López afirmou que não era uma casualidade a presença do chefe do Comando Sul dos EUA, Craig Faller, na Colômbia, quando na Guiana estavam sendo realizados os exercícios militares.

O ministro assegurou que se trata de um ato de “ingerência em meio à sistemática desestabilização contra a Venezuela”.

Na Guiana, estão decorrendo os exercícios Tradewinds 2021, patrocinados pelo Comando Sul dos EUA, com a participação de mais de 23 países.

Vladimir Padrino López afirmou que seu país seguirá o caminho da integração e não permitirá a tutela imperial.

“Este é o caminho para a verdadeira integração e não a submissão, o colonialismo, a tutela imperial, jamais baixaremos a cabeça diante de qualquer império, e neste mesmo campo de batalha o ratificamos”, expressou.

Além disso, o ministro destacou a união cívico-militar que se mantém no país, afirmando que o país está no caminho certo.

Comentários: