Brasília, 26 de novembro de 2021 às 21:43
Selecione o Idioma:

Venezuela

Postado em 16/06/2020 6:57

Venezuela critica Bolsonaro por negligência na gestão da Covid

.

Caracas, 16 de junho (Prensa Latina) O embaixador da Venezuela nas Nações Unidas, Samuel Moncada, condenou hoje o governo de Jair Bolsonaro por negligência criminal ao lidar com a pandemia de Covid-19.
Na rede social Twitter, o diplomata explica em uma mensagem como a irresponsabilidade do presidente brasileiro transformou intencionalmente essa nação em uma catástrofe humanitária, com mais de 20% dos contágios no continente e mais de 10% no mundo.

Moncada destacou que atualmente o Brasil é o segundo país com mais mortes depois dos Estados Unidos e expressou que o desprezo do chefe de Estado pela vida de seu povo é uma ameaça para os venezuelanos na fronteira e para mais de nove países da região.

Bolsonaro demonstra assim que ele é um dos discípulos mais diligentes das políticas genocidas, racistas, cruéis e regressivas de seu professor, o presidente americano Donald Trump, destacou.

O embaixador venezuelano na ONU, por sua vez, descreveu Trump como o maior inimigo da humanidade e o pior presidente da história da nação do norte.

Estatísticas oficiais do governo venezuelano indicam que os dois estados fronteiriços acumulam mais de 62 mil casos de Covid-19, enquanto toda a Venezuela possui 3.662 casos.

No último mês, a curva de contágio neste país sul-americano aumentou devido ao alto número de pessoas infectadas que chegam pelas cidades limítrofes do Brasil e da Colômbia, nas quais as autoridades insistiram repetidamente.

Comentários: