12.5 C
Brasília
sábado, 20 julho, 2024

Uruguai promove acordos de céu aberto

Montevidéu, 13 de junho (Prensa Latina) O Uruguai promove a política de céu aberto com outras nações e hoje pretende chegar a um acordo nesse sentido com o Brasil.

Em 31 de maio, assinou com o Equador a operação de rotas diretas e a melhoria da conectividade aérea.

Também a assinatura de um acordo de céu aberto na semana passada entre Uruguai e Argentina significou avanços em termos de conectividade para o país, que perdeu grande parte durante a pandemia de Covid-19.

Agora o próximo objetivo é alcançar os mesmos resultados com o Brasil.

“É um grande objectivo que temos pela frente”, afirmou o director-geral dos transportes aéreos do Ministério dos Transportes e Obras Públicas, Daniel Olmedo.

Lembrou que o Uruguai tem pactos com o Chile e o Paraguai e outros acordos parciais como o do Equador.

“Estamos num ponto muito a sul e com um tráfego de passageiros não muito importante”, explicou Olmedo, e notou que isso nos impede de ser um destino “atractivo” para países e empresas que operam fora da região.

Sobre o acordo com a Argentina, o Subsecretário de Transportes e Obras Públicas, Juan José Olaizola, destacou que o tratado entre os dois países permite que todas as companhias aéreas voem livremente entre os aeroportos da Argentina e do Uruguai.

Apesar dos avanços, o subsecretário lamentou que ainda haja muito para recuperar da pandemia, segundo o site digital Ámbito.

«No ano passado foi alcançada uma recuperação de 20 por cento. De qualquer forma, ainda estamos 200 mil passageiros abaixo do que tínhamos em 2019”, explicou.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS