Brasília, 2 de dezembro de 2021 às 19:36
Selecione o Idioma:

Sem Titulo

Postado em 29/12/2019 5:39

Um ano de sucessos: Vietnã fecha 2019 com crescimento de 6,9

.

Hanoi, (Prensa Latina) A economia de Vietnã fecha o 2019 com um admirável crescimento do 6.9 %, ano no qual também baixo a inflação, cresceu o número de empresas privadas e o governo ratifica sua política econômica.
O Banco Asiático de Desenvolvimento (BAD) retificou ao alça sua predição sobre o crescimento da economia vietnamita neste ano o passá-la de 6,8 a 6,9 por cento.

Vietnã manterá em 2019 um crescimento econômico estável do 6,9 por cento apesar das tensões e flutuações no comércio regional e global, vaticino o ente em suas periódicas Perspectivas de desenvolvimento de Ásia.

O banco também aumentou de 6,7 ao 6,8 suas previsões sobre a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) da nação indochina para o ano entrante.

Em contraste, recortou suas predições para a economia de Ásia ao augurar-lhe uma expansão do 5,2 % em 2019 e 2020, desde o 5,4 e o 5,5 % que na cada caso lhe tinha assinalou em setembro.

Umas 126 700 empresas privadas se oficializaram em Vietnã nos primeiros 11 meses do ano, um processo que o governo também alenta na ordem qualitativa por fazer parte das reformas econômicas em curso.

Essa cifra representa um aumento do 4,5 por cento em comparação com igual lapso de 2018, enquanto os capitais passaram de 64 bilhões de dólares para um incremento do 27,5 %, precisou hoje o Escritório Geral de Estatísticas.

Neste aspecto o premiê de Vietnã, Nguyen Xuan Phuc, assegurou hoje à comunidade empresarial do país que o governo continuará adotando as medidas necessárias para tentar seu desenvolvimento nos próximos anos.

E, por demais, A taxa de inflação de Vietnã atingirá neste ano 2,73 por cento, cifra mais baixa nos últimos três anos, em comparação com o 3,54 por cento em 2018 e 3,53 % em 2017, destacou hoje o vice – primeiro ministro, Vuong Dinh Hue.

Comentários: