Brasília, 29 de janeiro de 2022 às 02:11
Selecione o Idioma:

Cuba

Postado em 14/11/2021 12:03

Turistas estrangeiros poderão ser vacinados contra a Covid-19 em Cuba

.

(Foto: Reprodução/Google)
Havana (Prensa Latina) Os visitantes que chegarem a Cuba a partir de 15 de novembro, quando as fronteiras serão reabertas ao turismo de massa, poderão ser vacinados contra a Covid-19, disse o presidente Miguel Díaz-Canel.

Em uma aparição televisionada ontem, o presidente disse que cidadãos estrangeiros expressaram interesse em serem imunizados com as vacinas anti-Covid-19 desenvolvidas por cientistas na ilha.

Por esta razão, o país criou a capacidade logística para monitorar todo o processo até que o esquema de vacinação seja concluído, de acordo com as autoridades sanitárias.

Aqueles que não puderem fazê-lo devido ao tempo de permanência no país e ao intervalo necessário entre as doses poderão receber a primeira dose e transportar as restantes com as instruções necessárias para seu uso.

Conhecemos grupos de turistas que, além de terem uma estadia agradável na ilha, querem ser imunizados e tirar proveito da segurança proporcionada pelos injetáveis cubanos, disse ele.

Díaz-Canel destacou que, segundo informações dos operadores turísticos, o número de voos para Cuba aumentará durante todo o mês de novembro e atingirá os níveis mais altos em dezembro e janeiro.

Neste sentido, ele assinalou que até o final do ano este país receberá quase 50% do número de turistas que a visitaram até agora em 2021.

Comentários: