Brasília, 13 de outubro de 2021 às 05:36
Selecione o Idioma:

Turismo

Postado em 25/09/2021 9:51

Turismo aspira a se tornar um motor da economia mundial

.

Turismo aspira a se tornar um motor da economia mundialMadri, 24 set (Prensa Latina) O turismo aspira a tornar-se a força motriz da economia mundial após a pandemia de Covid-19, uma ideia endossada hoje por várias autoridades no limiar de um dia dedicado ao setor.

O Dia Mundial do Turismo será celebrado na segunda-feira, 27 de setembro, uma ocasião simbólica, mas altamente relevante hoje, diante dos desafios causados pela Covid-19 e da necessidade de reanimar a economia dos países.

O Secretário Geral da ONU, Antonio Guterres, disse em uma declaração emitida na ocasião que ‘reconhecemos o poder e o potencial do turismo para fomentar a prosperidade e impulsionar o desenvolvimento inclusivo e sustentável’.

‘O setor turístico influencia quase todos os aspectos de nossas economias e sociedades, e torna possível que as pessoas historicamente marginalizadas e em risco de serem deixadas para trás se beneficiem de um desenvolvimento local e direto’, argumentou ele.

Guterres salientou que a indústria sem fumaça continua a sofrer muito com a pandemia da Covid-19: ‘Nos primeiros cinco meses deste ano, as chegadas de turistas internacionais caíram de forma alarmante: 95% em algumas partes do mundo.

O chefe da ONU disse que até o final de 2021, estima-se que haverá uma perda de mais de quatro trilhões de dólares no PIB global.

‘Para as economias desenvolvidas, isto é um grande choque, mas para os países em desenvolvimento é uma emergência’, disse ele.

Zurab Pololikashvili, secretário geral da Organização Mundial do Turismo (UNWTO), cuja sede está em Madri, comentou no dia que o desejo humano de viajar e explorar é universal, por isso é essencial tornar o domínio acessível para que todos possam desfrutar.

‘Ao celebrarmos este dia, expressamos nosso compromisso de que à medida que o turismo crescer, todos os níveis de nosso grande e diversificado setor, desde a maior companhia aérea até a menor empresa familiar, serão beneficiados por este desenvolvimento’, disse ele.

O chefe da UNWTO sublinhou a vontade de ‘não deixar ninguém para trás enquanto avançamos e nos esforçamos para reconstruir um mundo mais próspero e pacífico através do turismo’.

Pololikashvili também apelou para trabalhar em prol de um crescimento inclusivo, o que significa colocar todos a bordo com uma visão melhor do turismo.

 

‘Somente desta forma a retomada das atividades em nosso setor pode beneficiar as pessoas e comunidades que mais necessitam neste momento, e forjar as bases para um futuro melhor para todos’, enfatizou.

Comentários: