Brasília, 23 de janeiro de 2022 às 06:23
Selecione o Idioma:

Nossa América

Postado em 25/03/2017 4:23

Senadora critica postura do México contra Venezuela na OEA

.

México (Prensa Latina) A senadora Dores Padierna, da Partido Renovação Democrática (PRD) de México, criticou neste sabado (24) a postura do governo que assinou na OEA uma declaração conjunta com outras 13 nações do continente contra Venezuela.
No edital chama-se à administração de Venezuela a realizar eleições e libertar os presos políticos.

Padierna demanda que o governo federal não deve entrar ao jogo das oligarquias e ultradireita contra a nação sul-americana.

Estranha-me sobremaneira essa declaração, porque Venezuela é um país fraternizo e devemos respeitar suas decisões, sublinhou.

Anunciou que se reunirá com o secretário de Relações Exteriores, Luis Videgaray, e lhe pedirá modificar dita postura, com base aos princípios constitucionais de não intervenção em assuntos internos de outras nações.

Enquanto deputados das bancadas que apoiam ao Partido Revolucionário Independente (PRI), no poder, estimam que foi uma acertada decisão a de Videgaray de assinar o mencionado documento.

Várias organizações latino-americanas qualificaram de ilegítimo e não respeitoso o relatório apresentado pelo secretário geral de Organização de Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, sobre o Governo de Venezuela.

Comentários: