Brasília, 12 de maio de 2022 às 00:09
Selecione o Idioma:

Internacional

Postado em 09/08/2016 10:26

Putin e Erdogan reúnem-se em São Petersburg

.

© REUTERS/ SERGEI KARPUKHIN
Hoje (9) em São Petersburgo realiza-se o primeiro encontro entre o presidente russo Vladimir Putin e líder turco Recep Tayyip Erdogan desde o início da crise nas relações bilaterais.
Este encontro já foi chamado de “histórico” pelo jornal sueco Swenska Dagbladet.
“Será uma visita histórica, um novo início. As negociações com o meu amigo Vladimir abrirão uma nova página nas nossas relações bilaterais”, disse Erdogan antes da reunião com Putin.
Reunião entre Vladimir Putin e Recep Tayyip Erdogan
© AFP 2016/ IVAN SEKRETAREV
Segundo as informações da agência noticiosa RIA Novosti, o encontro iniciou-se com um aperto de mãos.
A agenda do encontro inclui o restabelecimento de relações políticas e econômicas, bem como busca de uma solução para a crise na Síria. A Rússia está determinada a continuar a dar apoio ao presidente sírio Bashar Assad. Entretanto, parece que isso não é mais um obstáculo para Erdogan.
Presidentes da Rússia e Turquia, Vladimir Putin e Recep Tayyip Erdogan, durante o encontro bilateral em São Petersburgo, Rússia, 9 de agosto de 2016
© SPUTNIK/ SERGEI GUNEEV
Presidentes da Rússia e Turquia, Vladimir Putin e Recep Tayyip Erdogan, durante o encontro bilateral em São Petersburgo, Rússia, 9 de agosto de 2016
“Sem a participação da Rússia é impossível atingir uma solução na Síria”, afirmou o líder turco.
O jornal norte-americano The Wall Street Journal escreve que a aproximação entre Ancara e Moscou se desenvolve no meio de tensões entre a Turquia, os EUA e a União Europeia. O Ocidente reagiu de modo muito negativo às medidas rígidas em relação aos suspeitos de golpe de Estado na Turquia.
O Presidente russo Vladimir Putin e seu homólogo turco Recep Tayyip Erdogan
© SPUTNIK/ MICHAEL KLIMENTYEV
A visita, destaca o jornal, mostra que Ancara não está satisfeita com a reação dos países ocidentais e a falta de apoio por parte destes.
“Aspirando a acelerar anormalização das relações com a Rússia e acabando por atingir uma aproximação com o país, a Turquia pode entrar no caminho antiocidental”, disse Sinan Ülgen, presidente do Centro para os Estudos Econômicos e de Política Exterior de Istambul (Edam).
As negociações entre os dois líderes estão decorrendo em São Petersburgo. As relações entre a Turquia e a Rússia começaram a melhorar depois de Erdogan ter enviado uma carta com desculpas a Putin.
Às 10h00 (horário de Brasília) será realizada uma entrevista coletiva dos dois líderes após o encontro. A Sputnik irá acompanhar o evento.

http://br.sputniknews.com/mundo/20160809/5983971/putin-erdogan-encontro-historico.html

Comentários: