11.5 C
Brasília
terça-feira, 23 julho, 2024

Putin: BRICS e OCX são os alicerces da nova ordem mundial nascente

© Sputnik

Sputnik – O presidente russo elogiou os laços entre Moscou e a Organização para Cooperação de Xangai, e o papel que a organização está desempenhando.

A Rússia atribui grande importância à interação na Organização para Cooperação de Xangai (OCX), disse nesta quinta-feira (4) o presidente russo na reunião do Conselho de Chefes de Estado dos países da OCX em Astana, Cazaquistão.

“A Rússia atribui grande importância à interação entre parceiros na OCX. Constatamos com satisfação que essa interação segue se desenvolvendo progressivamente com base nos princípios de igualdade, consideração dos interesses uns dos outros, respeito pela diversidade cultural e civilizacional, busca de soluções colegiais para questões urgentes na área da segurança”, disse Vladimir Putin.

“A Organização para a Cooperação de Xangai, junto com o BRICS, é um dos principais pilares da nova ordem mundial emergente. São precisamente essas associações que atuam como um poderoso motor dos processos de desenvolvimento global e do estabelecimento de uma verdadeira multipolaridade”, comentou ele.
Ele sublinhou que, com a participação ativa dos colegas do Cazaquistão, foi preparado “um pacote realmente sólido de documentos e decisões” para aprovação no atual conselho.
“Sua implementação contribuirá, sem dúvida, para reforçar o papel e a influência da OCX. As abordagens dos países da OCX em relação aos principais aspetos da agenda global e regional estão refletidas na Declaração de Astana apresentada para aprovação na cúpula”, apontou Putin.
O presidente russo, Vladimir Putin, e o presidente chinês, Xi Jinping, apertam as mãos durante o encontro à margem da cúpula da Organização de Cooperação de Xangai (OCX) em Astana, Cazaquistão, 3 de julho de 2024 - Sputnik Brasil, 1920, 03.07.2024

Panorama internacional

‘Papel da OCX como pilar da ordem mundial justa foi fortalecido hoje’, diz Putin a Xi Jinping

A declaração “destaca ainda mais o compromisso de todos os membros da OCX com a formação de uma ordem mundial multipolar justa, baseada no papel central das Nações Unidas, no direito internacional e na aspiração dos Estados soberanos a uma parceria mutuamente vantajosa”.
O presidente da Rússia afirmou que a posição ativa e proativa da OCX nos assuntos internacionais possui grande demanda no mundo moderno, e destacou o programa de cooperação na luta contra o separatismo e o extremismo nos Estados-membros, aprovado durante a cúpula.
“O conselho empresarial da organização está funcionando, com a ajuda dele os círculos empresariais de nossos países têm a oportunidade de participar de projetos conjuntos mutuamente vantajosos. A associação interbancária da Organização de Xangai está estreitamente envolvida no financiamento de tais projetos”, acrescentou o alto responsável.
Vladimir Putin sublinhou ainda que os países integrantes da OCX estão intensificando o uso de suas moedas nacionais nas transações bilaterais. Por exemplo, a participação das moedas nacionais nas transações comerciais da Rússia com os países-membros da organização nos primeiros quatro meses deste ano é superior a 92%. O presidente russo recordou a proposta da Rússia de a OCX criar um mecanismo próprio de pagamentos internacionais.
Além disso, Belarus foi oficialmente admitida na organização após uma cerimônia de assinatura dos documentos de adesão.

“Gostaria de dar as boas-vindas a todos vocês e, é claro, ao presidente de Belarus, Aleksandr Lukashenko, em conexão com a conclusão do procedimento de admissão da República de Belarus como membro pleno da OCX”, declarou o mandatário russo.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS