Brasília, 26 de outubro de 2021 às 19:00
Selecione o Idioma:

Nossa América

Postado em 11/09/2020 8:38

Política internacional de Bolsonaro é ‘primitiva e ideologizada’, afirma chanceler da Venezuela

.

AMÉRICAS

Após o senador Telmário Mota (Pros-RR) defender o impeachment do Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, o chanceler da Venezuela, Jorge Arreaza, criticou a política exterior de Jair Bolsonaro (sem partido).

“Vozes coerentes estão surgindo no Poder Legislativo brasileiro. Além da política externa primitiva e ideologizada de Jair Bolsonaro e Ernesto Araújo, somos povos irmãos. Seremos capazes de consolidar a boa vizinhança, queiram ou não em Washington”, destacou Arreaza.

Mota informou em carta a Bolsonaro que pedirá ao Superior Tribunal Federal (STF) o afastamento do chanceler brasileiro e afirma que são preocupantes as “crescentes hostilidades da parte do chanceler Ernesto Araújo para com o governo da Venezuela”.

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, durante cerimônia da transmissão de cargo ao secretário-geral das Relações Exteriores, Otávio Brandelli, no Palácio Itamaraty (arquivo)
© FOTO / MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, durante cerimônia da transmissão de cargo ao secretário-geral das Relações Exteriores, Otávio Brandelli, no Palácio Itamaraty (arquivo)

Bolsonaro reconheceu o autodeclarado presidente Juan Guaidó como dirigente legítimo da Venezuela, assim como os Estados Unidos. A medida provocou o rompimento diplomático entre Brasília e Caracas.

Desde então, o presidente Nicolás Maduro tem chamado o Brasil a estabelecer um canal de diálogo, mas exige seu reconhecimento como chefe de Estado. Até o momento, o diálogo não foi estabelecido.

Comentários: