Brasília, 3 de agosto de 2021 às 11:19
Selecione o Idioma:

Sem Titulo

Postado em 02/08/2016 9:20

Pipocas Olímpicas I

.

 Gostemos ou não – e tem é gente nesse mundo que não gosta de nada – aí está a Olimpíada, a primeira no continente sul-americano e no Brasil.  Nem começou e as más línguas já dizem, e escrevem, que será a pior Olimpíada da história. Será? Que façamos por merecer o melhor.
*
    A expectativa é grande em torno do espetáculo de abertura, marcado para sexta-feira à noite, no Maracanã. Os olhos do mundo focando o Rio de Janeiro. Conseguiremos fazer um espetáculo digno, que signifique a nossa diversidade humana e cultural?  Um show de abertura superior ao que foi aquela ‘merreca’ da Copa do Mundo?  De olho grudado na tevê.
*
   Torço para que empolgue, o país está carecendo de reconhecimentos e elogios para elevar um pouco a nossa autoestima. Que seja pela beleza. Até porque, mesmo em casa, não seremos protagonistas, apenas participantes. Não estaremos entre os 10 melhores, tomara que consigamos umas 20 medalhas. Os EUA focam em mais de 100. Estamos longe de ser uma potência olímpica.
*
   Que comecem logo os jogos para que possamos esquecer o vexame desses dias que antecedem. Chega de micos e presepadas. Oremos para que tudo dê certo.
*
 Que a segurança seja eficiente, a violência seja contida. Que a poluição da Baía de Guanabara não encalhe os barcos e nadadores nas competições aquáticas, que as ondas do mar fiquem mansas, que não aconteçam blecautes, parem os vazamentos e não falte água na vila olímpica, que as conexões da comunicação não engasguem, as desigualdades não se exacerbem, que os serviços essenciais funcionem, os atletas se acomodem bem, a mobilidade flua, a tocha não se apague. Amém.
**
  E Já!  Quem gosta, atente: antes mesmo da abertura, os jogos começam.
  Nesta quarta, por exemplo, as meninas brasileiras do futebol feminino estreiam às 16 horas, no Engenhão (RJ), contra a China. Jogo duro. Vamos torcer pela baiana Formiga, na sua quinta olimpíada. Ela e Marta bem que merecem um ouro.
*
   Na quinta, a seleção masculina de futebol, treinada pelo baiano Micale e com Neymar de capitão, estreia contra a África do Sul. O jogo é no Mané Garrincha, em Brasília, às 16hs. È torcer porque nunca conseguimos o outro olímpico no futebol. Quem sabe em casa? Nem lembrar da Copa 2014.
*
   Nessa mesma quinta, à partir das 17 horas, rodada dupla na Arena Fonte Nova (futebol masculino): Fiji x Coreia do Sul, abrindo; E às 20 hs, Alemanha x México. Promete.
  Tomara a tal Arena continue uma Fonte de gols, de goleadas, como foi na Copa do Mundo.
*
  E que os Deuses do Olimpo sejam benvindos, sintam-se à vontade e felizes no Brasil. O Rio de Janeiro continua lindo!
**
Zedejesusbarreto  2ago2016

 

 

 

 

Comentários: