12.5 C
Brasília
sábado, 20 julho, 2024

Parlamento catalão inicia processo de separação da Espanha

Madri, (Prensa Latina) A presidenta do parlamento catalão, Carme Forcadell, convocou nesta segunda-feira (02) uma junta de porta-vozes para iniciar a tramitação de um projeto de resolução sobre o início do processo para a independência da Espanha.

O documento foi apresentado pelos grupos parlamentares Juntos pelo Sim e Candidatura de Unidade Popular (CUP) que no conjunto têm a maioria absoluta no parlamento dessa região do nordeste do país.

A Junta de Porta-vozes não pode se reunir porque o Partido Popular (PP), oposto à secessão, não formalizou a formação de seu grupo parlamentar e apresentou um recurso ante o Tribunal Constitucional para impedir a declaração de independência.

A Presidência do parlamento decidiu de todas formas convocar a reunião e convidar o PP a enviar algum representante, o que parece pouco provável, e abre a possibilidade de que se celebre, pela primeira vez, sem representantes de todas as forças parlamentares.

Fontes parlamentares catalãs indicaram que o objetivo é realizar um pleno extraordinário para analisar o projeto independentista antes da reunião ordinária da próxima sexta-feira para tentar eleger o novo presidente do governo regional.

A eleição do chefe do governo catalão prevê-se complicada pois a CUP, ainda que apoie a independência, não apoia a proposta de reeleição de Artur Mas nesse cargo, apresentada por Juntos pelo Sim.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS