Brasília, 15 de outubro de 2021 às 19:42
Selecione o Idioma:

Cuba

Postado em 26/08/2021 9:40

Outra fachada dos Estados Unidos para o golpe brando contra Cuba

.

O membro do Bureau Político do Partido e ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez Parrilla, denunciou que a Creative Associates International é uma fachada do governo dos Estados Unidos para projetar golpes brandos contra a Ilha e outros países.

Por meio de sua conta no Twitter, o chanceler compartilhou uma investigação da MintPress News sobre o uso dessa associação por Washington para impor sua hegemonia mundial: «Presente hoje em pelo menos 85 países, emprega técnicas de soft power e projeta operações de mudança de regimes e transições políticas», disse Rodríguez Parrilla.

No detalhamento sobre a Creative Associates International, disse que «durante anos trabalhou em Cuba, em cumplicidade com a CIA e outras agências governamentais, promovendo diversos projetos que tinham como fim derrubar nosso Governo», destacou.

Em um relatório intitulado Creative Associates International (CAI): Não exatamente a CIA, mas perto o suficiente, o projeto MintPress News afirma que, nos últimos 20 anos, o governo dos EUA concedeu à Creative Associates $ 1.998.138.515 em contratos para atividades da empresa na Ilha maior das Antilhas.

Ainda explica que «durante anos, a Creative Associates International trabalhou em estreita colaboração com a CIA e outras agências governamentais, operando e supervisionando um conjunto de projetos que tinham como objetivo final a derrubada do governo comunista».

«O projeto mais infame da Creative Associates foi talvez a criação de um aplicativo semelhante ao Twitter chamado Zunzuneo», acrescenta a investigação, que também expõe como o governo dos Estados Unidos quis esconder seu próprio papel na criação do aplicativo, tentando secretamente convencer o diretor executivo do Twitter, Jack Dorsey, para que comprasse a empresa como testa de ferro.

Comentários: