Brasília, 18 de janeiro de 2022 às 13:41
Selecione o Idioma:

Sem Titulo

Postado em 19/01/2016 6:00

ONU alerta que milhões de malawianos podem morrer de fome

.

Lilongwe, (Prensa Latina) Cerca de três milhões de pessoas, 16% da população do Malawi, podem morrer de fome, informou nesta segunda (18) o Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA).

Um comunicado desse programa da ONU difundido nesta capital estima que o país será o território mais afetado a nível mundial devido à seca exacerbada pelo fenômeno climático El Niño.

O PMA considera que 14 milhões de pessoas enfrentarão a fome no sul da África, devido ao mesmo flagelo. Cerca de dois milhões de malgaxes estão incluídos nessa estimativa, e Madagascar seria o segundo país mais afetado pela prognosticada carência de alimentos.

Com as escassas chuvas em muitas regiões e com a possibilidade de cultivo de cereais se encerrando ou quase encerrada em muitos países, as perspectivas são alarmantes, apontou o PMA.

Comentários: