Brasília, 16 de outubro de 2021 às 20:44
Selecione o Idioma:

Meio Ambiente

Postado em 05/07/2021 5:46

O oceano pede ajuda

.

Revista do Conselho de Biologia destaca iniciativa da ONU para conservação do oceano
Edição temática da revista O Biólogo detalha os esforços no Brasil para reversão do processo de degradação do bioma essencial para vida no planeta

São Paulo – A nova edição da revista O Biólogo, do Conselho Regional de Biologia da 1a Região (CRBio-01), apresenta o trabalho de biólogos e especialistas brasileiros engajados na Década da ONU da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável 2021-2030, importante iniciativa mundial da ONU.

A reportagem principal da edição ressalta que o oceano, embora pareça invencível devido à sua vastidão, enfrenta um processo de degradação acelerado. Estamos destruindo o bioma responsável pela produção de metade do oxigênio que respiramos.

Nosso modelo consumista impacta os ecossistemas marinhos de diversas formas, como com o despejo de lixo, em particular de plásticos, que demoram séculos para se decompor. Os microplásticos, partículas minúsculas de plásticos, contaminam os fitoplânctons e os pescados que serão ingeridos pelos seres humanos. Os gases do efeito estufa provocam o aumento das temperaturas, com consequente elevação do nível do oceano, e o CO2 impacta na acidificação das águas.

A pesca predatória, conduzida por grandes frotas de barcos que são verdadeiros abatedouros, captura espécies além de suas capacidades de reposição. Após içar as redes, os pescadores retiram o pescado de maior valor comercial – por exemplo, os atuns – e lançam as demais espécies, como golfinhos, tubarões e tartarugas, de volta à água, frequentemente mortos. Os barqueiros “esquecem” apetrechos de plástico, como redes, boias, arpões e cordas, nas águas, contribuindo para a poluição e para a mortandade de animais presos nas chamadas redes fantasmas.

Na edição, conhecemos os esforços de especialistas brasileiros para mitigar um dos principais problemas apontados pelos organizadores da Década: o desconhecimento das pessoas sobre o oceano. O texto da matéria principal relata iniciativas como o Programa Maré de Ciência, a Olimpíada Brasileira do Oceano, a Cátedra Unesco para Sustentabilidade do Oceano, o Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor) da Unicamp e do Projeto Há-Mar, um pequeno clube de Biologia Marinha em uma escola em Boituva (SP).

A edição também destaca o AquaVitae, um programa financiado pela União Europeia, que reúne especialistas e instituições da Europa, Brasil e África do Sul. No Brasil, a Unesp, parceira do programa, desenvolve uma pesquisa para promover sistemas sustentáveis de aquicultura (produção de pescados em fazendas), uma alternativa à pesca predatória.

A reportagem inclui ainda entrevistas e vídeos com os professores doutores Ronaldo Christofoletti, da Unifesp, Alexander Turra, da USP, e Wagner Valenti, da Unesp, além de podcast com o Prof. Dr. João Paschoa.

Leia aqui a edição completa da revista O Biólogo: https://bit.ly/3655qlJ

Acompanhe o CRBio-01 nas redes sociais:

Comentários: