Brasília, 22 de maio de 2022 às 16:48
Selecione o Idioma:

Nossa América

Postado em 11/06/2021 7:29

Nossa América tem sido vital em face das políticas desumanas

.

A Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América-Tratado de Comércio dos Povos, reiterou seu apoio a Cuba na luta pelo fim do cerco econômico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos

Por: Granma | [email protected]

A Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América-tratado de Comércio dos Povos reiterou seu apoio a Cuba na luta pelo fim do cerco econômico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos.

Dada a posição deste mecanismo de integração, o membro do Bureau Político do Comitê Central do Partido Comunista e ministro das Relações Exteriores, Bruno Rodríguez Parrilla, agradeceu, na quarta-feira, 8 de junho, o apoio prestado pelos países membros da Aliança. Em sua conta no Twitter, o chanceler observou que «a solidariedade dos povos e governos de Nossa América tem sido vital em face das políticas desumanas e a sufocação econômica».

Em entrevista à Telesur, o secretário executivo do bloco regional, Sacha Llorenti, denunciou que os Estados Unidos usam a pandemia como arma para reforçar as medidas ilegais.

O gerente lembrou ainda que, desde o governo do ex-presidente Donald Trump, o bloqueio contra Cuba e Venezuela se intensificou e nada mudou. Acrescentou que essas duas nações, junto com a Nicarágua, conseguiram resistir à terrível ofensiva imperial, graças a seus governos e povos.

«O nível de consciência política dos povos e dirigentes tem permitido aos países resistir e que a ALBA seja uma forma diferente de integração», frisou Llorenti.

Comentários: