Brasília, 18 de janeiro de 2022 às 13:36
Selecione o Idioma:

Venezuela

Postado em 11/08/2020 11:12

Nicarágua decidirá sobre democracia, predição política sandinista

.

Manágua, 11 de agosto (Prensa Latina) O povo da Nicarágua decidirá sobre a democracia nas próximas eleições gerais de novembro de 2021, disse Edwin Castro, deputado da Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN), em declaração citada hoje por um órgão de comunicação digital.

 

Os nicaraguenses serão livres para decidir sem coação, pressão, sanções ou interferência, disse o chefe do Partido Vermelho e Negro na Assembleia Nacional (parlamento) a uma estação de televisão que amplificou o boletim do Relatório Pastrán.

Castro insistiu que a prorrogação emitida em julho pelo Conselho Supremo Eleitoral (CSE), que estende o processo de obtenção de status legal para novos partidos políticos até cinco meses antes das eleições, não é inconstitucional.

A lei eleitoral continua a mesma, mas aplicou esse artigo devido as razões supervenientes de força maior, como a pandemia de Covid-19, disse ele.

Também disse que a resolução do SSC deveria dar ao país paz de espírito democrática.

A medida nos permitirá ver que outros partidos serão formados para ir às urnas em novembro do próximo ano’, disse o líder parlamentar.

Questionado sobre o nível de aceitação do partido no poder, pouco mais de 50% de acordo com uma pesquisa da semana anterior, Castro disse que a FSLN está em comunicação permanente com o povo, como demonstrou durante o curso da pandemia.

Comentários: