Brasília, 25 de janeiro de 2022 às 04:23
Selecione o Idioma:

México

Postado em 04/09/2018 11:02

México: Onda de linchamentos preocupa CNDH

.

 México, (Prensa Latina) A Comissão Nacional de Direitos Humanos (CNDH) está preocupada hoje pela reiteração dos linchamentos, muitas vezes pessoas queimadas vivas, pelas mãos da populações em várias localidades do país.

Trata-se de fatos de barbarie como os ocorridos recentemente em Acatlán de Osorio, estado de Povoa; e em Tula de Hidalgo Além, Hidalgo, onde quatro pessoas foram assassinadas publicamente ao ser acusadas de roubar meninos.

Em nenhum dos casos pôde ser comprovado a acusação e inclusive em um deles, onde uma mulher e um homem foram queimados vivos, se afirma nas redes sociais que eram produtores de tortilla, vítimas de rumores infundados.

Em Laranjeiras, estado de Veracruz, a polícia resgatou há uns dias um homem vestido de palhaço que tratava de ganhar a vida para poder financiar sua viagem a sua cidade de Chiapas, mas esteve a ponto de morrer queimado sob a acusação de roubar menores.

Só neste ano a CNDH tem registro de ao menos 25 pessoas que foram mortas e outras 40 resgatadas com diferentes graus de lesões por multidões de populares.

A respeito a comissão prepara um relatório no qual enfatiza que a justiça por própria mão, como os linchamentos, é um ato de barbarie.

Comentários: