23.5 C
Brasília
domingo, 14 julho, 2024

Israel volta a atacar pessoas deslocadas em Gaza; há mais de 50 mortos

© AP Photo / Fatima Shbair (Sputnik)

HispanTV – Pelo menos 52 pessoas foram mortas e outras 50 ficaram feridas em vários ataques aéreos israelitas num campo de refugiados na Cidade de Gaza e arredores.

Os intensos bombardeamentos ocorreram este sábado nos bairros de Al-Tufá, Al-Zaitun e Al-Shuyaiya e no campo de refugiados de Al-Shati – onde um bloco residencial inteiro foi completamente destruído, segundo um comunicado divulgado pelo gabinete de comunicação social. do governo de Gaza.

“A área do acampamento atingido ficava nas proximidades de uma mesquita. “As equipes de resgate continuam a procurar pessoas desaparecidas sob os escombros”, segundo o comunicado palestino, divulgado pelo jornal Filastin .

O Crescente Vermelho Palestiniano denunciou que às ambulâncias “está sendo negado o acesso às áreas bombardeadas” e alertou que “as capacidades de defesa civil não são proporcionais à magnitude da destruição”.

O Movimento de Resistência Islâmica Palestina (HAMAS) condenou em um comunicado o “ataque selvagem a civis desarmados” por parte de Israel, e observou que o ato bárbaro representa “uma continuação do genocídio de mais de oito meses, em flagrante desprezo e desafio a todas as leis”. e regulamentos que proíbem atacar civis.”

Horas antes destes ataques, o gabinete de comunicação social de Gaza divulgou o último número de palestinianos mortos por ataques indiscriminados israelitas, segundo o qual pelo menos 101 palestinianos foram mortos e 169 ficaram feridos durante as últimas 24 horas, elevando o total para 37. O número O número de palestinos mortos é de 551 e o número de feridos é de 85.911 desde o início da guerra genocida israelense no enclave, em 7 de outubro.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS