23.5 C
Brasília
sábado, 9 dezembro, 2023

Israel em estado de choque: 100 mortos e 900 feridos em operação palestina

Um soldado israelense fica ao lado dos corpos de israelenses mortos por ataques de foguetes lançados da Faixa de Gaza, na cidade de Sderot, em 7 de outubro de 2023.

HispanTV – Um soldado israelense fica ao lado dos corpos de israelenses mortos por ataques de foguetes lançados da Faixa de Gaza, na cidade de Sderot, em 7 de outubro de 2023.

O último relatório da operação palestina Al-Aqsa Storm relata mais de 100 mortes israelenses e mais de 900 feridos.

Num ataque surpresa, os combatentes do Movimento de Resistência Islâmica Palestiniana (HAMAS) lançaram a operação ‘Tempestade Al-Aqsa’ contra os territórios palestinianos ocupados desde as primeiras horas deste dia, disparando uma forte barragem de foguetes a partir da Faixa de Gaza. Este é o maior ataque lançado contra os crimes de Israel em anos.

O número de mortos israelenses no ataque com foguetes do HAMAS aumentou para mais de 100, informou o The Times of Israel no sábado, citando autoridades médicas. A expectativa é que o número aumente.

Além disso, cerca de 1.000 israelenses ficaram feridos. Segundo o Ministério da Saúde de Israel, 908 feridos foram hospitalizados.

Número de mortos em Gaza sobe para 198

Por sua vez, o número de palestinianos mortos na Faixa de Gaza na sequência dos ataques israelitas aumentou para 198, segundo autoridades de saúde. Mais de 1.600 pessoas também ficaram feridas.

“A tempestade Al-Aqsa causou um choque histórico em Israel” |  HispanTV

“A tempestade Al-Aqsa causou um choque histórico em Israel” |  HispanTV

A Jihad Islâmica afirma que a Operação Tempestade Al-Aqsa causou um choque histórico no regime israelita, revelando a vulnerabilidade desse regime.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS