Brasília, 20 de outubro de 2021 às 18:49
Selecione o Idioma:

Chile

Postado em 13/09/2016 4:18

Isabel Allende anuncia possível candidatura à presidência do Chile

.

Reuters
Isabel Allende foi a primeira mulher a presidir o senado no Chile e atualmente é presidenta do Partido Socialista e senadora pelo estado do Atacama
Durante o anúncio, Isabel se colocou à disposição do partido, o mesmo da atual presidenta Michelle Bachelet, para concorrer à presidência nas próximas eleições, em 2017, caso tenha apoio da legenda para concorrer ao cargo. Nas eleições primárias ela deve enfrentar o ex-presidente Ricardo Lagos (2002 – 2006).
“Explicitei minha vontade de ser candidata, se assim decidirem os socialistas. Corresponderá ao Comitê Central do partido — uma vez realizados os comícios municipais — decidir o cronograma e o método com o qual o Partido Socialista abordará sua conduta política frente ao desafio presidencial”, disse Isabel durante encontro do Conselho Geral de seu partido, em que foram debatidas as estratégias para as eleições municipais, que devem ocorrer no próximo dia 23 de outubro.
O escolhido dos socialistas provavelmente enfrentará nas eleições gerais o ex-presidente conservador Sebastián Piñera, que governou o país entre 2010 e 2014. O atual mandato de Bachelet se encerra em março de 2018 e as eleições presidenciais serão realizadas em 2017.
Maria Isabel Allende Bussi tem 71 anos e ingressou na carreira política em 1994, quando foi eleita deputada. Atualmente é senadora pela região de Atacama e foi a primeira mulher a presidir o Senado no Chile. Ela é a terceira filha de Salvador Allende e prima da escritora Isabel Allende, que por sua vez é filha do primo do ex-presidente, Thomás Allende.
Leia também:
Chilenos rendem homenagem à Salvador Allende
Do Portal Vermelho, com agências

Comentários: