Brasília, 10 de maio de 2022 às 09:37
Selecione o Idioma:

Internacional

Postado em 30/06/2021 8:54

Irã diz que não entregará mais dados sobre suas instalações nucleares à AIEA

.

ORIENTE MÉDIO E ÁFRICA

Sputnik – O presidente do parlamento iraniano anunciou que o Irã não entregará mais informações ou registros sobre suas instalações nucleares à AIEA após o acordo temporário de monitoramento ter expirado há vários dias.

O Irã não entregará mais dados sobre suas instalações nucleares à Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) devido ao fim do acordo de monitoramento, que expirou na quinta-feira (24), segundo informou o presidente do parlamento iraniano, Mohammad Baqer Qalibaf.

“O prazo apresentado à AIEA expirou há vários dias e não será prolongado. Não vamos entregar mais à agência quaisquer registros ou informação”, de acordo com Qalibaf citado pela ICANA.

Anteriormente, no sábado (26), o representante do Irã na AIEA respondeu à agência que Teerã não tem nenhuma obrigação de fornecer explicações sobre a extinção do acordo de monitoramento.

Em 23 de fevereiro, o Irã limitou a atividade de inspeção da AIEA ao abrigo da lei Plano de Ação Estratégica para Levantar Sanções e Proteger Interesses da Nação Iraniana, que visa a suspensão das inspeções extensas e um protocolo adicional ao acordo com a agência.

O Irã explicou que a medida pode ser cancelada se os participantes do Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, na sigla em inglês) de 2015 cumprirem as demandas de Teerã e não visa a suspensão da cooperação com a AIEA e o cancelamento de todas as inspeções. Os contatos seriam realizados ao abrigo das medidas de não-proliferação das armas nucleares.

O Irã e agência fecharam um acordo de monitoramento temporário para continuar as inspeções necessárias e monitorar as instalações do Irã durante três meses. No fim desse prazo, o acordo foi prolongado por mais um mês, até 24 de junho.

Comentários: