Brasília, 16 de maio de 2022 às 11:36
Selecione o Idioma:

Sem Titulo

Postado em 30/05/2017 9:47

Irã critica acusação de Trump como inconveniente e inaceitável

.

“Tais posturas errôneas e impróprias não são novidades, e se trata mais uma vez de uma projeção. São comentários inconvenientes e inaceitáveis”, tem sublinhado nesta segunda-feira o porta-voz do ministério das Relações Exteriores do Irã, Bahram Qassemi, em alusão a um discurso anti-iraniano de Trump em Cimeira em Riad, capital saudita.
O mandatário norte-americano, durante sua vista realizada no passado 20 de maio à Arábia Saudita, lançou ataques verbais contra o Irã, na qual voltou a repetir acusações de promover o “terrorismo e sectarismo”, bem como pediu a todos os países árabes que trabalhassem juntos para “isolar” o Irã.
O diplomata iraniano adiantou que a viagem de Trump a um país conhecido por ser “um refúgio seguro para os terroristas” e um grande “impulsor da violência e terrorismo” invalida suas afirmações.
Trump deve dizer como Irã promoveu o terrorismo, um país que recentemente tem celebrado “eleições gloriosas”, e como a Arábia Saudita, que tem casos legais abertos nos tribunais americanas (por cargos de terrorismo) se converte no destino de sua viagem oficial, tem questionado o porta-voz.
A República Islâmica do Irã nega qualquer intromissão nos assuntos de seus vizinhos, e culpa a Washington e sua injerencia militar das crises que açoitam o Médio Oriente e do derramamento de sangue de centos de milhares de civis inocentes.

Pars Today

Comentários: