Brasília, 26 de novembro de 2021 às 17:41
Selecione o Idioma:

Papo do Dia

Postado em 12/11/2015 10:48

GLOBO CONFESSA QUE MENTIU EM CASO DE FILHO DE LULA

.

Depois de um mês enxovalhando a vida do filho do ex-presidente Lula e de lançar falsas suspeitas, o jornal O Globo, dos irmãos Marinho, lançou uma nota neste domingo para dizer que se retrata. O texto admite que a nota publicada na “estreia triunfal” de Lauro Jardim, egresso de Veja, no dia 11 de outubro, é falsa.

 

Reprodução

 

O colunista disse que Fábio Luis Lula da Silva, filho de Lula, teria sido citado na delação premiada de Fernando Soares, o lobista conhecido como “Fernando Baiano”, como beneficiário de um pagamento de R$ 2 milhões. A mentira se alastrou como pólvora e os demais veículos de comunicação repercutiram a mentira como se fosse verdade.

Agora, diante da escancarada manipulação, o jornal, seguindo o manual de jornalismo da Globo, não diz com todas as letras que mentiu, mas que “errou”, pois o filho de Lula não foi citado por Baiano.

Com um subtítulo “Lulinha não foi citado na delação premiada de Fernando Baiano”, a nota afirma: “Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, filho do ex-presidente Lula, não foi citado pelo lobista Fernando Baiano na delação premiada que fez na Operação Lava Jato”.

E completa: “O Globo, na coluna de Lauro Jardim no dia 11 de outubro, errou ao dizer que Baiano afirmara ter dado R$ 2 milhões para pagar contas de Lulinha. Na verdade, Baiano não citou o nome e disse que o também lobista e pecuarista José Carlos Bumlai é que pediu o dinheiro alegando que seria para uma nora de Lula”.

No entanto, a matéria citada e a mentira foram por vezes utilizadas na manchete do jornal. E a nota deste domingo não foi a manchete, ou seja, a mentira teve mais espaço do que a verdade dos fatos.

Do Portal Vermelho, com informações de agências

Comentários: