Brasília, 13 de agosto de 2022 às 19:27
Selecione o Idioma:

Internacional

Postado em 09/01/2022 6:48

EUA concentram forças perto de campo petrolífero na Síria, indica mídia

.

© AP Photo / Baderkhan Ahmad

Sputnik – Washington enviou um conjunto de 30 caminhões transportando veículos blindados, tanques e munições, além de terem acompanhamento militar, de acordo com a agência turca Anadolu.
O Pentágono aumentou sua presença perto de um dos campos petrolíferos na Síria após ataques de morteiro visarem uma grande base dos EUA na área, escreve a agência turca Anadolu.

“Forças americanas baseadas no Iraque enviaram reforços militares consistindo de 30 caminhões carregando veículos blindados, tanques e tratores de esteiras”, relatou no domingo (9) a agência iraniana Press TV citando a Anadolu.

Os reforços teriam entrado na quinta-feira (6) na província síria de Al-Hasakah, no nordeste do país, e se dirigiram à base militar norte-americana junto do campo petrolífero Al-Omar, na província de Deir ez-Zor. Eles foram escoltados por milícias curdas e dois helicópteros dos EUA.
Veículo militar dos EUA patrulha campos de petróleo na Síria (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 01.01.2022

Panorama internacional

‘Temos direito de autodefesa’: base que abriga forças da coalizão dos EUA é alvo de ataque na Síria

Segundo a mídia, munições, incluindo foguetes, faziam parte dos suprimentos transportados.
A base militar dos EUA junto ao campo petrolífero Al-Omar foi atacada por morteiros em 31 de dezembro de 2021. Na terça-feira (4), a Força-Tarefa Conjunta Combinada – Operação Resolução Inerente (CJTF-OIR, na sigla em inglês), coalizão militar liderada por Washington, conduziu ataques aéreos em resposta ao que disse ser uma “ameaça iminente” de combatentes inimigos que “impactaram áreas civis perto de Al-Shaddadi”.

Comentários: