Brasília, 27 de janeiro de 2022 às 09:45
Selecione o Idioma:

Peru

Postado em 25/11/2021 5:07

Encontrada no Peru múmia ‘coberta de cordas’ em perfeito estado

.

© Foto / UNMSM

Sputnik – A múmia, embora descoberta com padrão de sepultamento da região do alto andino, foi encontrada na costa da capital Lima, o que segundo os pesquisadores, comprovaria a convivência entre os dois povos, costeiro e serrano, no período pré-hispânico.
No último fim de semana, uma equipe de arqueólogos da Universidade de San Marcos de Lima encontrou no complexo arqueológico de Cajamarquilla, localizado a leste da capital, uma múmia em perfeitas condições.
Os restos mortais pertencem a um homem e datam da época pré-incaica, detalha a instituição em comunicado.
Encontrada no interior de uma câmara funerária subterrânea (de forma ovalada) em posição fetal, com as mãos sobre o rosto e “coberta por cordas”, a múmia foi sepultada com o padrão próprio da região alta andina, o que comprovaria que neste assentamento – um dos mais importantes da costa de Lima –, durante o período pré-hispânico tardio costeiro e serrano, teria coincidido o intercâmbio comercial entre os habitantes de ambas as zonas, afirmam os cientistas.
Nemrut Dag – o monte localizado a 100 km da cidade de Adiyaman, Turquia. Lá, a 2.150 metros acima do nível do mar, encontram-se ruínas do túmulo do rei Antíoco I - Sputnik Brasil, 1920, 24.11.2021

Sociedade e cotidiano

Arqueólogos encontram ruínas de escola muçulmana do século XII na Turquia (FOTO)

“O significado deste complexo arqueológico reside na sua localização estratégica, como controle e meio de interação das relações inter-regionais”, explica o comunicado.
A múmia foi encontrada durante escavações dirigidas pela arqueóloga formada pela Universidade de San Marco, Yomira Silvia Huamán Santillán, e pelo professor da mesma universidade, Pieter Van Dalen Luna, e contou com a participação de alunos de vários centros educacionais peruanos.
O minucioso estudo da múmia vai contribuir de forma mais contundente para aprofundar o conhecimento sobre as práticas culturais desenvolvidas no período pré-hispânico tardio em Cajamarquilla.
Segundo os pesquisadores, vai ser possível extrair mais informações sobre “suas interações com outros lugares do vale do Rímac [um dos três vales que cortam Lima], as estratégias produtivas que possuía, bem como a situação hierárquica no momento da chegada dos incas e da anexação deste território ao [Império] Tawantinsuyo”.

Comentários: