Brasília, 27 de novembro de 2021 às 18:59
Selecione o Idioma:

Sem Titulo

Postado em 07/11/2016 5:53

Egipto: País privado novamente do petróleo da petrolífera Aramco

.

Cairo- O Egipto não vai receber petróleo da companhia saudita Aramco neste mês de Novembro pelo segundo mês consecutivo, soube nesta segunda-feira a PANA, de fonte segurança.
Com essa interrupção, o país vai abastecer-se de petróleo nos mercados internacionais, anunciou nesta segunda-feira um responsável do Ministério do Petróleo.
A gigante petrolífera saudita decidiu não fornecer crude ao Egipto em Outubro, no momento em que os dois países entraram em desacordo sobre a Síria.
Cairo aproximou-se da Rússia, um aliado do presidente sírio, Bachar al-Assad, enquanto Riad apoia os grupos de oposição ao regime sírio.
Arábia Saudita chegou a um acordo em Abril com o Egipto para o fornecimento, em cinco anos, de 700 mil toneladas de produtos petrolíferos por mês, por um valor de 23 biliões (20,8 biliões de euros).
Em Outubro, o Cairo tinha lançado concursos nos mercados internacionais para garantir o seu abastecimento.
“Em Novembro, nós compramos petróleo nos mercados internacionais”, disse segunda-feira à AFP o responsável do ministério, acrescentando que o Egipto não tinha sido informado de um possível regresso das entregas da Aramco.
Riad cortou também uma ajuda ao Egipto avaliada em  biliões de dólares, que era dada desde a queda do regime islamita de Mohamed Morsi em 2013.

http://www.angop.ao/angola/pt_pt/noticias/africa/2016/10/45/Egipto-Pais-privado-novamente-petroleo-petrolifera-Aramco,c6867fce-fe38-4bd0-b4db-fa71c7c3b2ae.html

Comentários: