Brasília, 19 de janeiro de 2022 às 18:02
Selecione o Idioma:

Internacional

Postado em 04/03/2020 5:03

Defesa russa: Ocidente ignora envio de tropas da Turquia para Idlib

.

O porta-voz do Ministério da Defesa russo afirmou que o Ocidente ignora a entrada de tropas da Turquia na província síria de Idlib, em violação do direito internacional.

Segundo o major-general russo Igor Konashenkov, durante o período de vigência dos acordos de Sochi entre a Rússia e a Turquia sobre a zona de desescalada em Idlib, todos os alertas oficiais da Rússia à ONU e aos países ocidentais foram deixados sem resposta.

Desde o início de fevereiro, Damasco é acusado pelo Ocidente de supostos “crimes de guerra”, “desastre humanitário” e “fluxos de milhões de refugiados” em Idlib, comentou Konashenkov.

“Ninguém no Ocidente repara nas ações do lado turco, que lançou um grupo de ataque para Idlib com um número de soldados equivalente a uma divisão mecanizada [vários milhares de soldados] em violação do direito internacional, para ‘alcançar a qualquer custo a implementação dos acordos de Sochi'”, complementou o major-general russo.

Konashenkov observou que as ameaças públicas de destruir todas as unidades das tropas governamentais na Síria e retomar a estrada M5 sob o controle de terroristas, nos EUA e na Europa são chamadas de “direito legítimo de defesa de Ancara”.

Soldado turco caminha perto de veículos militares turcos perto de Idlib, na Síria, 11 de fevereiro de 2020 (foto de arquivo)
© REUTERS / KHALIL ASHAWI
Soldado turco caminha perto de veículos militares turcos perto de Idlib, na Síria, 11 de fevereiro de 2020 (foto de arquivo)

“Contra o pano de fundo do cinismo total e da falsa preocupação ocidental com a situação humanitária na zona de desescalada do Idlib, apenas o Centro Russo de Reconciliação das partes em guerra e o legítimo governo sírio prestam diariamente toda a assistência necessária às áreas libertadas”, comentou o porta-voz da Defesa russa.

Comentários: