Brasília, 13 de junho de 2021 às 04:17
Selecione o Idioma:

Nossa América

Postado em 21/03/2016 8:18

Cuba e Venezuela impulsionam cooperação em longo prazo

.

Havana, (Prensa Latina) As relações entre Cuba e Venezuela deram um passo a mais para a consolidação com a assinatura de acordos que permitirão fortalecer seus vínculos econômicos, comerciais e de colaboração em longo prazo.

Com a assinatura ontem do Ata Final da XVI reunião da Comissão Intergovernamental Cuba-Venezuela, no contexto da visita à ilha do presidente desse país sul-americano, Nicolás Maduro, ambas nações deixaram desenhada a rota para o desenvolvimento de seus laços até 2030.

O encontro deu rastreamento ao Convênio de Colaboração Integral entre os dois países, assinado no ano 2000 pelo líder histórico da Revolução cubana, Fidel Castro, e o então presidente de Venezuela, Hugo Chávez.

Com a assinatura hoje deste documento, esses governos ratificaram a determinação de aprofundar seus vínculos concentrando de maneira eficiente os recursos disponíveis em áreas priorizadas.

Lembraram também o plano anual de cooperação para o ano 2016 e um projeto integral orientado ao confronto do zika, a dengue e o chikungunya.

Durante a jornada, o presidente venezuelano sustentou conversas oficiais com seu homólogo cubano, Raúl Castro, e recebeu de mãos deste a Ordem José Martí, máxima distinção que concede o Estado a cidadãos nacionais ou estrangeiros com méritos relevantes.

Ao agradecer o gesto, Maduro disse que aceitou a condecoração em nome de seu povo, como um compromisso de lealdade aos líderes revolucionários Fidel Castro (Cuba) e Hugo Chávez (Venezuela), e às ideias libertarias pelas que se levantaram as nações de América Latina e o Caribe.

Destacou o apoio incondicional recebido desta ilha caribenha durante mais de 15 anos de esforços sustentados por construir uma sociedade mais justa em Venezuela, baseada no ideário patriótico e latino americanista do Libertador Simón Bolívar.

 

Comentários: